Brincando com as crianças: Uma relação de afeto

Jogos em Família | Dominó feito em casa :: Clube do Baú
November 21, 2017
Equilibrista de mim mesma
November 23, 2017

Brincando com as crianças: Uma relação de afeto

Brincar é a maneira que a criança aprende e se apropria do mundo. Através da brincadeira ela se comunica, expressa seus desejos, elabora suas vivências, experimenta diferentes papeis, explora os sentidos, aprende a se relacionar com o outro e a lidar com a frustração. Além disso, as brincadeiras proporcionam um espaço horizontal de trocas em que é possível desenvolver habilidades emocionais e expressar os sentimentos, abrindo caminho para a formação de pessoas mais conscientes e empáticas.

A essência das crianças é a brincadeira, e é através dela que conseguimos nos ligar emocionalmente a elas, pois a confiança e o vínculo afetivo vão sendo fortalecidos durante essa interação.

Tenho observado que cada dia mais as pessoas tem valorizado o brincar, e refletido sobre a real importância da brincadeira nos processos de aprendizagem e desenvolvimento emocional, mas muitos pais ainda sentem dificuldade em brincar com os seus filhos. Fico pensando que essa dificuldade é muito sintomática dessa vida, cheia de afazeres e compromissos inadiáveis, que levamos. Pra onde se olha tem gente correndo. E nesse correria toda, deixamos de olhar pro que é essencial, pro que nos conecta com a nossa essência, e assim, nos esquecemos de como era ser criança, de como se faz para brincar com elas, de como é estar presente no agora.

A criança está inteira em tudo que ela faz. Elas são muito sensíveis, perceptivas e atentas. Quando estão brincando, estão focadas de verdade, vivenciando o mundo da fantasia, expressando o que sentem, experimentando a beleza da espontaneidade. Nós, adultos, temos que nos inspirar nelas se quisermos de fato nos conectarmos a elas. Pode parecer fácil, mas na verdade é um exercício que tem que ser praticado de pouquinho em pouquinho, diariamente.

Também existem benefícios para os adultos que brincam. Especialistas dizem que a brincadeira pode ajudar a diminuir o stress do cotidiano, aliviar as tensões e combater a ansiedade. Eu não sou mãe, mas convivo com muitas, e sei que às vezes os pais precisam se virar em dez para conseguir realizar todas as tarefas diárias. Às vezes fica difícil estabelecer um tempo para brincar com as crianças, mas que tal reservar pequenos momentos do dia para isso? Para as crianças tudo é uma grande diversão. Crie jogos, as chame para cozinhar junto com você, confeccione pequenos brinquedos, e nem que seja por quinze minutos, deixe as preocupações de lado, desligue o celular, a televisão, sente, pule, cante e entre no maravilhoso mundo da fantasia, mas não esqueça o mais importante, esteja ali de verdade. Acredite, isso vai fazer toda a diferença na vida dos seus filhos.

 

 

 

Aline Bertolli
Aline Bertolli
Aline Bertolli é Terapeuta Ocupacional, psicodramatista e apaixonada pelo brincar. É idealizadora do Pó de Brincar e do Projeto Sementinhas. Adora viajar, cozinhar e receber os amigos. Deseja que o mundo seja um lugar melhor pra se viver, e, por isso, busca encontrar sentido em tudo que faz!

Comments are closed.